Fabricando sonhos na Triennale

por thaís serafini

Há pouco tempo atrás, a Triennale Design Museum e suas revisitações anuais foram o assunto de dois posts aqui publicados. Nesta semana, é impossível deixar de voltar à ela, já que a quarta interpretação foi inaugurada e estará em apresentação até fevereiro de 2012, com o tema “Le Fabbriche dei Sogni” (As Fábricas de Sonhos). O responsável por esta edição é ninguém menos do que o empreendedor Alberto Alessi, o nome por trás da nossa querida Alessi.

Totem da triennale

O totem que recebe os visitantes

 

A ideia de Alberto é falar sobre a importância da relação de confiança entre empresas e designers, um relacionamento semelhante ao da jardinagem, segundo ele, em que os empreendedores são os bons e pacientes jardineiros, os designers são as árvores bem cuidadas e protegidas, e os produtos de design são os frutos, e também a realização dos sonhos das pessoas.

Triennale+AlbertoA

"O bom jardineiro"

 

Triennale+AA

A exposição "fabulosa"

 

A visão e a coragem destes grandes chefes de empresas italianas dos últimos sessenta anos são formam uma parte imprescindível (e muitas vezes subestimada) do sucesso mundial e da tradição conquistada pelo design ‘Made in Italy’.

O projeto e montagem da exposição são criações do designer espanhol Marti Guixé e remetem à linguagem dos quadrinhos em um ‘mundo de fábulas, algo entre Alice no País das Maravilhas e O Pequeno Príncipe”. Entre os muitos textos de Alberto impressos pelas paredes (a sua caligrafia foi digitalizada e transformada na fonte Alb Script para personificar ainda mais a parte escrita) está também uma gigantesca coleção de 250 objetos, ilustrando os 12 capítulos elegidos na mostra por Alberto.

marti+triennale

Marti Guixé e os textos de Alberto Alessi

 

triennale

Objetos da coleção

Finalizo com as palavras do grande Alberto Alessi:

“Estamos conscientes que o nosso primeiro papel não é tanto aquele de produzir lâmpadas ou cafeteiras. É, acima de tudo, aquele de mediadores artísticos: de um lado estão as melhores expressões do design internacional e do outro estão o mercado e as necessidades do público, ou como prefiro chamar, os sonhos do público.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: