O maestro que colocou o país na cruz

por thaís serafini

É difícil parar de citar o design italiano e o recente Salone del Mobile (que vai ter repercussão por um bom tempo ainda), mas a instalação do mestre Gaetano Pesce, inaugurada durante o evento, é digna de uma menção bem honrosa.

Ano passado tive a grande chance de participar de uma palestra do grande designer, na qual ele ressaltou constantemente a importância de valorizar as diferenças, seja em pessoas, produtos ou no corpo humano, já que segundo ele os seres humanos, como as frutas, são sempre diferentes apesar de semelhantes. Gaetano é autor de uma série de produtos e projetos que valem uma busca com carinho (já falei de algumas por aqui) e resolveu retratar o mapa da Itália crucificado como um ‘ator de amor‘ para um país que sofre.

pesce para triennale

Segundo o autor, o objetivo é levantar discussões e polêmicas, um debate sobre o pessimismo e as críticas contínuas, resultado de políticas moralistas e e conformistas. “Chegou a hora de virar a página. A Itália é uma nação maravilhosa, mas se continuarmos assim ela não conseguirá mais sustentar tantos ataques e assim seremos ainda mais pobres. A minha instalação é um convite à reflexão, a rezar para que a Itália melhore.”

Para um efeito ainda mais dramático, Gaetano usou pedaços de carne de verdade para criar os modelos, que foram então substituídos por resina. A instalação “L’Italia in Croce” pode ser visitada na Triennale Design Museum até o dia primeiro de maio.

gpesce

gpesce

pesce

maestropesce

Anúncios

One Trackback to “O maestro que colocou o país na cruz”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: