Melvin, a máquina inútil

por thaís serafini

Existe um tipo de máquina que é criado especialmente para desempenhar uma tarefa simples da maneira mais ineficiente possível, muitas vezes utilizando-se do efeito de reação em cadeia. As máquinas chamadas Rube Goldberg foram então a inspiração do studio holandês de design HEYHEYHEY, que criou Melvin the Magical Mixed Media Machine. Segundo o grupo, o único propósito da máquina é promover sua identidade, já que enquanto executa as mil tarefas inúteis ele fotografa e faz vídeos da sua audiência, postando-os automaticamente para seu blog, Facebook e Twitter.

São 4 minutos de apresentação, pensados como um ‘super momento‘ no qual a performance é mais importante que o produto/resultado final, assistidos por mais de 14,000 pessoas durante os dez dias da Dutch Design Week 2010. Segundo alguns blogs que visitaram a semana holandesa de design (inveja branca), Melvin foi a atração mais disputada e comentada.

Melvin ganhou o meu coração pelos seus percursos criativos, mas principalmente por me fazer lembrar da abertura de um programa de TV que eu adorava na infância e não consigo lembrar o nome (aceito sugestões!).

 

Anúncios

3 Comentários to “Melvin, a máquina inútil”

  1. Adorei!!!! Muito massa! Imagina o trabalhão que deu?!

  2. Era Castelo Ra-tim-Bum. Passava na TVE.
    Conheci o blog hj e estou “andando” pra trás pra poder ver mais coisas interessantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: