O compasso de ouro

por thaís serafini

Talvez o prêmio de maior renome no design internacional, que agraciou os maiores mestres italianos e internacionais desde 1954, escolheu no dia 12 em Roma os nomes e produtos mais significantes do triênio 2008-2010. A ADI é responsável pela premiação Compasso d’Oro e, boa surpresa minha, o brasileiro Guto Indio da Costa (cujo trabalho admiro bastante) estava entre os jurados que escolheram 19 produtos, 9 “carreiras”, 3 nomes internacionais e um prêmio final especial. A lista completa e mais imagens dos vencedores (com as devidas justificativas) podem ser encontradas aqui (sempre DomusWeb), abaixo estão alguns dos meus escolhidos entre eles.

Em ordem: Myto, cadeira de Konstantin Grcic para Plank Collezioni, ganhou o Compasso d’Oro por “ter resolvido o problema da estrutura e da flexibilidade através de um uso inteligente do material plástico“; Smtih, contenidor multi-funcional e transportável de Jonathan Olivares para Danese (nosso conhecido já), “pela construção inteligente acompanhada de notável multifuncionalidade“; a cadeira em madeira Frida, de Odoardo Fioravanti para Pedrali, por sua “simples beleza escultural“e o Fiat 500, da Fiat Group Automobiles Design “pela sua capacidade reinterpretar um ícone do design italiano sem conotações nostálgicas”.

 

myto

smith

frida chair

fiat 500

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: