O sabor da água

por thaís serafini

Este projeto não está aqui apenas por ter a assinatura de um estúdio que eu admiro (leia-se Formafantasma), mas por sua abordagem primorosa a um assunto desvalorizado em meio a um cada vez mais badalado Salão do Móvel de Milão (ou na maioria dos eventos/feiras com tantos lançamentos luxuosos, caros e focados no marketing).

still1

A água da torneira é o assunto do “Still“, apresentado na última semana em uma exposição curada por ninguém menos que Rossana Orlandi. O projeto investiga as qualidades de purificação do carvão ativado e foi desenvolvida para a vienense J. & L. Lobmeyr. São recipientes de cristal e cobre que pretendem melhorar a qualidade e o sabor da “bebida mais humilde e fundamental de todas”. Além disso, a ideia é elevar a purificação da água de ato corriqueiro a um ritual especial.

still2
still6

still5

still4

still7

A delicadeza e as formas das peças me encantaram. E o cuidado aos detalhes e o comprometimento ao tema chegou aos entalhos do cristal: os desenhos são, na verdade, uma visão contemporânea e microscópica de uma bactéria encontrada em rios e uma representação de um organismo do oceano cujo esqueleto é feito de sílica, o principal elemento do vidro.

still4

Precisa mais? Não, mas ainda tem. Os containers projetados pelo Formafantasma são uma reinterpretação de peças clássicas de 1925 da marca!

still3

(imagens via Dezeen)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: