“Não existe o material do momento”

por thaís serafini

Direto de entrevista no blog do Casa Brasil, algumas palavrinhas pra nos deixar pensando… Quando questionado sobre o consumo, as tendências, o design e os consumidores do “futuro”, o designer Paulo Biacchi sugere:

“Essa é a graça da coisa. Não existe o material do momento. Existem movimentos e pessoas criando processos. Processos artesanais, processos de baixa e média produção que utilizam materiais diversos. São móveis, objetos, roupas, sapatos e joias.

A motivação principal é consumir um produto com história, com alma.

[…]

O (design) bom é bom e o ruim é ruim. O filtro disso é o mercado e continuará sendo. Independente disso e desse consumo ser pautado pelas baixas produções, o grande desafio está nas mãos da indústria! Como produzir em série uma peça que agrade a esse novo consumo? Como entregar para o mercado essa exclusividade em um produto seriado feito aos milhares? Bom, nós já estamos pensando nisso.”

fetiche-lamp

 

Paulo Biacchi é sócio do estúdio de design Fetiche e também da marca de produtos para casa Fetiche. A Guarda Luz, luminária da imagem, é da Fetiche Design para o Museu de Arte Moderna de São Paulo.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: