Arte, performance e mobiliário

por thaís serafini

Fiquei supresa hoje ao ver nomes de áreas distintas (porém não distantes) juntas em um projeto de mobiliário. A chocante e inspiradora Marina Abramovic, que se diz “a avó das artes performáticas”, junto ao arquiteto Daniel Libeskind e à fabricante italiana Moroso, criou uma edição limitada de uma mesa.

Na verdade, trata-se de uma releitura em concreto do protótipo que a artista usa em sua performance “Counting the rice”, na qual participantes são convidados a se sentar, separar e contar arroz e lentilhas por pelo menos seis horas. Na imagem da esquerda, a mesa/banco contínua onde estão os participantes da performance.

marina-moroso-libes

Segundo o artigo do NYT, a nova proposta (imagem da direita) é mais angulosa, seguindo as formas características do arquiteto polonês. Apesar do contraste questionável entre a austeridade e os objetivos da performance de Marina e a venda exorbitante de uma das novas mesas por mais de duzentos mil reais (!), o interessante é perceber este tipo de movimento por parte de uma das empresas gigantes do design de móveis, como a Moroso. Quem sabe no próximo Salone del Mobile poderemos ver propostas mais originais e menos releituras de clássicos….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: