Posts tagged ‘#arquitetura’

março 10, 2014

História e conforto no Villa Bahia em Salvador

por thaís serafini

Mesmo depois de passados alguns quantos meses, um hotel de Salvador que tive a feliz oportunidade de conhecer ainda pairava na minha cabeça: “preciso escrever sobre ele!”. E hoje, o pontapé finalveio quando vi o post no badalado the Glamourai sobre o mesmo Villa Bahia que tanto me encantou.

ImagemImagemO clima e a decoração do hotel são realmente incríveis e cada detalhe e cada ambiente é uma viagem no tempo. O hotel ocupa dois casarões coloniais dos séculos XVII e XVIII, onde cada um dos 17 aposentos é diferente e até o elevador ganhou um “disfarce” charmoso pra entrar no clima (foto abaixo)! Em 2005, uma restauração não só revigorou a arquitetura dos prédios como descobriu banhos antigos dos primeiros moradores da cidade.

Imagem

Imagem

Imagem

E a paisagem do lado de fora não poderia ser diferente: no coração do Pelourinho, em pleno centro histórico de Salvador, cada esquina, cada casa e cada praça é uma verdadeira aula de história, uma aula de Brasil capaz de encher os olhos. Dá uma olhada:

 Imagem

Imagem

Imagem

Anúncios
junho 6, 2012

Arquitetura e detalhes no Centro Budista de Três Coroas

por thaís serafini

Nada melhor do que aproveitar a dupla dinâmica frio + sol pra matar a saudade dos tempos de turista onde se conhecia uma cidade nova facinho de trem em um dia. A destinação escolhida pro domingo eu já conhecia, mas o Centro Budista de Três Coroas/RS ganhou construções novas nos últimos anos e sempre vale rever essa terra quase mágica.

O Khadro Ling é uma comunidade de praticantes budistas que recebeu o primeiro templo tibetano tradicional da América Latina. Essa história começou em 1994 quando S. Em. Chagdug Tulku Rinpoche visitou o Rio Grande do Sul pela primeira vez e, encantado com a paisagem, resolveu estabelecer por aqui um centro.

Além da aura especial (falando nisso: o alto número de visitantes às vezes acabava atrapalhando um pouco o proveito de um pouquinho de silêncio por lá) e da paisagem incrível, me encanto com a arquitetura típica oriental, com as cores, os detalhes, os motivos. Tenho um apreço especial pelas culturas orientais, então a visita é um prato cheio para olhos e alma. Separei alguns dos detalhes “arquitetônicos” valiosos que capturamos por lá:

cuidado com as formigas

arquitetura oriental

maio 6, 2012

A arquitetura de James Bond

por thaís serafini

É tão bom quando alguém conhece um assunto suficientemente bem e resolve se dedicar a coletar imagens bonitas só pra encantar nossos olhos. Eu, por exemplo, não sou fã de James Bond, devo ter assistido no máximo dois dos seus filmes, mas adorei acompanhar o melhor da arquitetura que serviu de cenário para os filmes. Tiro certo envolver espiões secretos em espaços impressionantes como estes.

A coletânea foi inspirada pelo aniversário de 50 anos da franquia James Bond em 2012, alguns exemplos estão a seguir. Mais imagens e informações de cada cenário podem ser encontradas aqui. Enjoy:

abril 4, 2012

As heranças do design italiano

por thaís serafini

Acho incríveis os casos em que um talento extraordinário – e similar – passa de geração para geração. No caso do design italiano, que é assunto quase diário por aqui, esse fato não é novidade pois muitas das principais empresas nasceram e continuam sendo familiares. E olha que a influência familiar é algo bem forte na Itália (nós descendentes conseguimos sentir bastante disso até)!

Pois este caso me encantou em especial, em parte pela novidade do assunto pois desconhecia sua existência e outra parte seria pelo caráter tão simplista, genuíno e belo. Talvez estas palavras não digam muito sobre Lisa e Gio mas, a seguir, deverão fazer mais sentido para aqueles que se deixarem apaixonar também.

Gio Ponti é um nome importantíssimo para o design, arquitetura e arte italianas, não somente por suas obras importantes e feitos pessoais mas por traçar caminhos tão significativos até hoje. Em 1928, Ponti fundou a revista Domus, a mais importante revista de design e que vira-e-mexe é fonte e assunto por aqui. A novidade, para mim, é que sua filha Lisa Ponti é também artista talentosa e dona de personalidade e histórias fantásticas.

Nascida em 1922, Lisa desenha e escreve desde então. Em uma recente entrevista para a Domusweb (óbvio) ela deu umas pinceladas do que foi crescer sendo filha de Gio Ponti (colaborando com ele nas revistas por mais de 30 anos), da sua arte e de seus encontros. A artista diz se surpreender diariamente com o fato de ter 90 anos de idade e contou que trabalhar com os Eames nos Estados Unidos foi uma revelação de uma “carreira-vida sem fim nem começo”, pois o casal trabalhava em um processo contínuo interrompido somente por picnics na praia.

As lindas fotos que acompanham este post são de autoria do próprio Ray Eames quando em Veneza na companhia de Lisa e  desde que o editor da Domus comentou a semelhança destas imagens com as atuais feitas pelo Instagram, me impressiono ainda mais!

A mensagem de Lisa Ponti para os leitores tem tudo a ver com uma vida que ela diz não ter sido somente sua, baseada em encontros sem esforços: “Faça as coisas acontecerem e deixe-as acontecer.”

março 28, 2012

Cadeiras de rua

por thaís serafini

“Em tempos de restrições econômicas e pressões ecológicas, a necessidade de encontrar novas soluções para os desafios que os arquitetos enfrentam transcende os modelos tradicionais baseados em design de autoria individual e os limites disciplinares convencionais.”

Palavras e ideias bonitas dos responsáveis pelo projeto Street Seats. A firma de arquitetura Bade Stageberg Cox desenvolveu este projeto de mobiliário para o Pier 94 Coffee Bar na feira de arte The Armory Show.

As 50 cadeiras utilizadas na ocasião foram encontradas abandonadas nas ruas de Nova Iorque, ganhando vida nova através de consertos e pintura amarela como a dos táxis nova-iorquinos.

“Assim como os moradores da cidade, as cadeiras são um mix eclético. O fundo de cada cadeira ganhou um carimbo para documentar a data e o local onde foi encontrada.”

 


janeiro 9, 2012

Subindo na vida

por thaís serafini

Uma esplêndida escadaria para inspirar esta segunda-feira, direto de um museu francês.