Posts tagged ‘#fabio novembre’

abril 2, 2012

A casa de um designer italiano

por thaís serafini

Ouso dizer que 2012 é o ano de Fabio Novembre. Mesmo faltando ainda pouco menos de um mês para o Salão do Móvel principal evento de design do mundo que acontece na própria cidade do Fabio, ele anda participando de inúmeros projetos bem importantes, como a curadoria da interpretação anual da Triennale.

Ele é também considerado o designer italiano mais importante da atualidade – e, por mais que não admire muito seus projetos individuais, também sou dessa opinião. Por isso acho curioso compartilhar essas imagens da casa de Novembre, fotografada por Ruy Teixeira.

Uma antiga fábrica de couro foi convertida em casa e studio e apresenta suas paixões – como a moto BMW vintage desenhada em 1994 por Tom Dixon – em meio à suas próprias criações. Ele a define assim:

“A massa de objetos que me circunda são mais como pedaços de aventuras passadas, memórias de pessoas, promesses de amigos. Existe uma única coisa que já vi milhares de vezes e continua sendo a maior inspiração do meu trabalho: o corpo feminino.”

via

janeiro 12, 2012

Fabio Novembre projeta mostra de Steve McCurry

por thaís serafini

As fotos coloridas e lindas do Steve McCurry vivem aparecendo por aqui, sou fã assumida e parte disso deve-se ao fato de ter visitado uma exposição do fotógrafo em 2009. Ela era super simples mas poderosa, a instalação da mostra era quase inexistente e tenho até dificuldade de lembrar seus detalhes naquele antigo palazzo italiano, já das fotos lembro bem. Por isso mesmo ainda não consegui definir se gostei ou não da instalaçãoo criada pelo – também talentoso – designer italiano Fabio Novembre.

Sem dúvida o efeito luminoso deve valorizar as imagens, e sem dúvida é difícil opinar sem ter estado dentro de cada uma dessas estruturas que o designer criou no espaço do museu Macro de Roma. Segue a justificativa do criador e curador da mostra, as imagens e a minha curiosidade de entender se tanto modernismo metálico não roubou a cena e a magia das fotos de McCurry.

“O que tentei representar dentro do enorme espaço do Macro foi esta sugestão, um layout similar aquele de uma vila nômade, estruturas que se misturam para restaurar o sentimento de solidariedade que você pode sentir nas fotos de McCurry. […] Existe vida e morte nas suas fotos, e um itinerário longo ou curto que as conecta; assim como o sentimento da mostra em si irá levar os visitantes a serem nômades por escolha, pioneiros por necessidade…” (adaptação e tradução de um trecho da justificativa de Fabio Novembre)

via


dezembro 5, 2011

Fabio Novembre e o futuro da Itália

por thaís serafini
As mudanças políticas ainda são muito recentes e a gente se pergunta o que será da Itália, e no que se refere ao tema do blog, o que será do design italiano. Pois Fabio Novembre – nome mais importante no cenário atual do design no país – participou de um evento da Peroni no Victoria&Albert Museum em Londres e disse que, na verdade, ele também não sabe pois vive atualmente em um caos.

Ano passado pude assistir uma pequena palestra do designer no lançamento do seu livro na FNAC de Milão, e realmente ele é dono de uma personalidade cativante e levemente polêmica, como bom italiano. Aos 45 anos, Fabio confessa que não sabe desenhar, tendo sempre comandado seus projetos de design, arquitetura e moda através de gestos, como o maestro de uma orquestra.

Segundo ele, seu futuro tem semelhanças com o da Itália: “Eu não sou o único. Muitos designers italianos participam dessa confusão – seis meses atrás nós nunca teríamos antecipado o que está acontecendo agora, politicamente. Mas onde existe incerteza, existe grande oportunidade. Nós nunca estivemos tão em baixa, então só podemos subir. Mas precisamos nos impulsionar para superar o desafio.”
abril 8, 2011

Sottsass x Novembre

por thaís serafini

Sou só eu que percebo (grandes) semelhanças entre a recém-lançada estante do Fabio Novembre “Robox” e a “Carlton” de 1981 do grupo de design Memphis? O jovem Fabio, porém, diz ter se inspirado em filmes como Transformers e nas gerações mais jovens. Acredito que nem os grandes nomes atuais consegue escapar da influência de nomes como Ettore Sottsass (principal designer do grupo Memphis) e seus contemporâneos, por mais que muitas vezes “deixem” de citar a fonte. Afinal, nada se cria, tudo se transforma.

robox-fabio

Robox by Fabio Novembre

 

carlton

Carlton by Memphis Group (1981)