Posts tagged ‘#moma’

outubro 27, 2015

Algoritmos, biologia e o design

por thaís serafini

Paola Antonelli, em entrevista para a italiana Rivista Studio, conta o que imagina como as fronteiras do futuro para o design:

“No começo do verão anunciamos novas aquisições [no MoMa]: um rendering digital e dois modelos impressos em 3D do vírus Phi-X174, inócuo para os humanos mas capaz de destruir as células de uma bactéria muito difusa. E depois adquirimos uma série de três esculturas de design que são fruto do trabalho comum de um célebre tecelão de cestos tradicionais dos nativos americanos e de um studio de designer que desenvolveram algoritmos digitais. Nós realmente compramos algoritmos e entidades biológicas: é um pouco incomum para o nosso setor, mas é um trabalho que levamos adiante faz alguns anos, desde 2008 quando compramos interfaces. Simplesmente estamos tentando fazer o mundo entender que o design expandiu muito a própria área de atividade, de estudo e de influência. O nosso dever é fazer com que as instituições culturais também acompanhem esta transformação contínua.

(…)

Eu penso que os designers, quando são bons, funcionam como interface entre as revoluções científicas e tecnológicas e a nossa vida. A inovação verdadeira não pode acontecer sem o design, porque os cientistas podem descobrir as microondas, podem inventar a Internet, mas sem os designers que criam a interface ou desenham os fornos, todas essas inovações não teriam vida. Então, quanto mais enfrentamos mudanças que provocam, mais os designers se tornam fundamentais.”

Entrevista completa aqui.

março 24, 2015

Palestra de Paola Antonelli no SXSW 2015

por thaís serafini

“Pontes curiosas: como os designers farão crescer o futuro” – eis o nome da palestra da querida curadora de design e arquitetura do MoMA (em uma tradução livre).

Vale a pena aproveitar essa condução simpática e empolgada para se inspirar, viajar e pensar nos futuros espaços de atuação do design e nas pontes criadas entre ele e outras disciplinas, como entre design e tecnologia, design e ciência e mesmo entre diferentes tipos de design.

 

Na imagem a seguir, um dos primeiros slides da palestra, de autoria da dupla do critical design Dunne & Raby. A ideia é contrastar o “antes” – na coluna A – e o “depois” no design – coluna B. Antes e depois do quê? Paola explica: “Antes e depois da nossa geração. Antes o design era considerado somente aquela forma que segue a função, todos aqueles clichês e estereótipos. […] Se antes o foco era resolver problemas, hoje os melhores designers são aqueles que sabem criar perguntas e novos problemas. O importante deste slide é que antes tudo era muito binário e o que estou buscando hoje é espaço entre as coisas, por exemplo, entre uma coluna e a outra.”

DunneRaby

Esse “aperitivo” é pra dar uma ideia do tipo de mudança que a Paola Antonelli acredita estar no presente e futuro do design (e da humanidade). Não deixa de conferir o vídeo pra saber mais ;)

 

 

maio 27, 2014

MoMA x Kickstarter

por thaís serafini

A loja de um dos museus mais importantes do design agora vende produtos realizados através da plataforma de crowdsourcing Kickstarter. É, é admirável este mundo novo! A MoMA design store criou uma coleção de 24 projetos para celebrar o trabalho criativo e colaborativo do Kickstarter.

MoMA-K1

Segundo a fonte, “esta é uma prova de que todo mundo é capaz de fazer coisas incríveis”! Se os designers tem encontrado dificuldades ao produzir seus produtos em empresas ‘tradicionais’, esta pode se tornar uma das principais estratégias possíveis para contornar os desafios.

moma-k2

moma-k3

A coleção completa está aqui.

 

janeiro 16, 2012

Novos produtos na loja do MoMA

por thaís serafini

O Museu de Arte Moderna de Nova Iorque é referência fortíssima no design, que se estende inclusive aos produtos escolhidos para figurar na sua  gift shop. Dizem ser uma fonte inesgotável de produtos para compradores curiosos, infelizmente ainda não tive a oportunidade de conferir, mas já estou acostumada a acompanhar atentamente as novidades. Para esta estação, três itens foram selecionados pelo povo do Cool Hunting, e são os que você conhece a seguir.

O primeiro, Terrain Vase, é de Stephan Jaklitsc, o arquiteto responsável pelo projeto de várias lojas Marc Jacobs e traz pequenas inovações que o destacaram para chegar aqui. O produto seguinte chama-se Verso Snack Dispenser, e é uma maneira prática e saudável de compartilhar aperitivos e guloseimas sem que os participantes tenham que pegar o alimento em uma vasilha comum. E mesmo quando não estiver em uso o objeto do designer alemão Mario Taepper continua interessante.

O terceiro item incorporado recentemente é uma simples tábua de cortar que ganhou a ‘ajudinha extra’ de uma bandeja  lateral removível. O projeto é de Joe Kent. Agora me conta, qual o seu preferido? Eu já tenho o meu, o dispenser para aperitivos, mas não vou influenciar os votos…

agosto 26, 2011

Valentine, A máquina de escrever

por thaís serafini

Apenas dois anos após seu lançamento, a máquina de escrever da Olivetti já fazia parte da coleção permanente do MoMA. Projetada pelo nosso admirado e incrível Ettore Sottsass, a Valentine era vermelha e feita em ABS e pretendia transformar a máquina de escrever em um objeto de uso tão comum quanto uma caneta. Muito tempo passou e o efeito foi justamente contrário: a Valentine sempre ocupou posição de muito destaque entre os icônes de design italiano. Mais uma pérola direto do túnel do tempo da Domus, republicando este artigo de 1969.

 

valentine

valentine by ettore sottsass

valentine

agosto 1, 2011

A hierarquia das distrações digitais

por thaís serafini

Information is beautiful é um trabalho a se acompanhar porque realmente transforma um monte de informações sobre um mesmo assunto em gráficos compreensíveis e interessantes. Não é diferente com esse que trata das distrações digitais que mantém a pessoa distante de “any kind of actual work“, ou seja, o que distrai mais e menos quando estamos à frente do computador tentando produzir algo de útil. O autor explica que entre tuitar, atender chamadas de Skype, escrever um email, usar o Facebook existe sim uma ordem de preferência entre uma distração e outra, mesmo que seja costume trocar aleatoriamente entre elas.

A análise informal porém valiosa acabou no MoMA, na mais recente (e incrível) exposição curada por Paola Antonelli, chamada “Talk to me”.

 

information is beautiful