Posts tagged ‘salone 2014’

maio 19, 2014

A casa delirante

por thaís serafini

O conceito de smart está cada vez mais presente e, ironicamente, vem significando cada vez “menos”. Partindo da curiosidade ao redor deste tema, no contexto da casa, alunos da ECAL/University of Art and Design Lausanne reinterpretaram o que seria uma smart home. No Salão do Móvel, o projeto ganhou com o Milano Design Award como melhor exposição da semana com a sua “Delirious Home”.

Segundo os cabeças do projeto, Alain Bellet e Chris Kabel, “Com Delirious Home, os estudantes nos ensinam a tomar o controle das últimas técnicas e aparelhos que nós pensávamos nos controlar. Os estudantes demonstraram maestria artística de eletrônicos, mecânica e interações, desenvolvendo um novo tipo de estética que vai além da abordagem formal apenas.”

Alguns exemplos: cactus hipersensíveis que gostam de ser tocados, uma série de cúpulas para comida que emitem melodias quando abertos, um relógio que imita os gestos da pessoa, um ventilador que amplia a capacidade de fôlego e uma colher que segue a xícara em qualquer lugar.

cactunes

O que seria uma casa esperta e inteligente? É mais inteligente ser prático ou ser saudável? Ser tecnológico ou confortável? Como iremos nos relacionar com os objetos que teremos em casa nos próximos anos? São questionamentos essenciais para quem pensa e pratica design mas estão longe de serem respondidos. A experimentação e o bom humor, porém, parecem caminhos prováveis para chegarmos lá.

ecal2

ecal3

ecal4

ecal5

Mais informações e descrições aqui.

 

 

Anúncios
maio 12, 2014

Iluminação tradicional

por thaís serafini

Você também está percebendo uma tendência crescente no lançamento de produtos relacionados à velas? Na minha opinião, isto certamente deve significar alguma coisa! Vivemos o nosso período mais tecnológico, artificial, conectado, etc, e, mesmo assim, os designers continuam projetando candelabros e novas propostas para velas, que vão além da forma decorativa-perfumada (ou melhor, levam a vela de volta à função primordial). Abaixo três projetos que flagrei recentemente:

1. Odnosvechnik é um suporte mármore que pode ser manualmente ajustado conforme  a vela vai queimando e diminuindo de tamanho. Design de Yaroslav Mizonzhnikov.

ajdust

 

2. The Tallow Candle, de Tineke Beunders e Nathan Wierkink, apresentada no Salão do Móvel. A proposta é criar uma união “inseparável” o candelabro e a vela (dica: apague a vela antes de dormir ou sair de casa!).

tall

 

3. Nocto by Pontus NY Design para Normann Compenhagen, também apresentado no último Salone.

noc

 

Talvez o fascínio do homem pelo fogo é mais forte do que podemos imaginar…

Imagens via Design Milk e Yatzer.

abril 23, 2014

Design geológico

por thaís serafini

Caracterizado como “anti-design” pelo Trend Tablet, o projeto “CaCO3 – Stoneware” é, no mínimo, curioso. Foi através dele que a dupla de designers Thomas Vailly e Laura Lynn Jansen resolveu investigar se conseguiria cultivar pedras em um formato desejado.

A inspiração veio do processo geológico de crescimento das estalactites, que vão se formando gota por gota. A estrutura dos futuros objectos foi impressa em 3D e então deixada em locais com alta concentração de minerais para se petrificar por conta.

stone3

O resultado? Um novo tipo de fósseis, um novo tipo de produto e uma investigação interessante sobre materiais e processos de fabricação – e por que não, uma investigação sobre o que é natural e o que é artificial.

stone4

stone2

stone1

abril 16, 2014

Mais um pouco de Salão do Móvel

por thaís serafini

Uma parceria estelar, composta pelo novo projeto de Joseph Grima (ex-editor da revista Domus), o colaborativo de pesquisa em design Space Caviar, e o Dezeen, levou o FOMO ao Salão do Móvel.

FOMO (Fear of missing out) é o nome dado ao algoritmo editorial real-time desenvolvido pelo grupo, onde uma publicação gratuita era distribuída e gerada por uma “algorithmic journalism machine”. Um software criava artigos automaticamente através de posts em redes sociais e discursos realizados durante uma programação de 3 dias no Palazzo Clerici.

“Nos inspiramos na ideia de que os eventos são as novas revistas e lançamos a pergunta: será que o meio editorial pode se adaptar à demanda de gratificação instantânea da era digital ao abraçar a velocidade das redes sociais?” explicou um dos idealizadores do projeto.

Para saber mais: Dezeen.

fomo-salone

abril 15, 2014

Vida de designer: dicas e lições

por thaís serafini

Apesar da máxima “Se conselho fosse bom não se dava, se vendia”, eu acredito que pode-se aprender muito com os conselhos dos mais experientes. Por isso hoje trago alguns pensamentos de designers consagrados (tomados pela mídia durante o Salão do Móvel, ocasião internacional mais do que propícia para se falar de design).

Jamie Hayon: “Se eu ouvisse o mercado, estaria projetando porcarias porque muitas vezes ele não tem bom gosto, é excessivo. […] É muito difícil dizer para um director de marketing de uma marca ‘ignore o mercado‘, mas honestamente esta é a única maneira de fazer coisas gloriosas, é a unica maneira de conseguir resultados.”

hayon

Comentário: pode ser por isso que o designer espanhol escolheu o alternativa Lambrate para apresentar suas máscaras e peças no Salão de 2014 (imagem acima).

Yves Behar sobre a pressão de produzir e lançar produtos mais rapidamente: “Envie somente quando você tem 100% de certeza de que tem a melhor experiência possível, o melhor produto possível. […] Você só tem uma chance de lançar, e você só tem uma chance de conseguir que as pessoas amem e apreciem o que você faz. Se levar alguns meses a mais, a empresa não vai sofrer por isso, apesar do que o marketing e as vendas te dizem”

e a contraposição (ou justificativa?):

Hella Jongerius: “O design nunca está pronto. Se o meu produto foi lançado, eu sei no dia seguinte o que eu iria mudar se tivesse uma hora a mais, um dia a mais, um ano a mais. Algumas coisas nunca estão prontas. E isso dá oxigénio ao design, quando algo nunca está terminado. Sempre existe algo que você poderia fazer melhor.”

hella

Hella Jongerius para Vitra

Naoto Fukasawa: “Eu acredito que os designers deveriam focar em observar o comportamento espontâneo das pessoas para descobrir o que elas realmente querem ter, e tocar não somente a mente. As pessoas focam no consumidor usando sua mente, mas cada mente é diferente. O corpo é meio que o mesmo nas interações. O corpo é mais honesto que a mente.”

naoto

Cha Teapot por Naoto Fukusawa para Alessi

Konstantin Grcic: “Design é sobre a vida e a vida está lá fora, bem na nossa frente. A lição é observar, estar atento, alerta para tudo que está acontecendo lá fora na vida real.”

depoimentos e imagens via FastCoDesign.

abril 14, 2014

O sabor da água

por thaís serafini

Este projeto não está aqui apenas por ter a assinatura de um estúdio que eu admiro (leia-se Formafantasma), mas por sua abordagem primorosa a um assunto desvalorizado em meio a um cada vez mais badalado Salão do Móvel de Milão (ou na maioria dos eventos/feiras com tantos lançamentos luxuosos, caros e focados no marketing).

still1

A água da torneira é o assunto do “Still“, apresentado na última semana em uma exposição curada por ninguém menos que Rossana Orlandi. O projeto investiga as qualidades de purificação do carvão ativado e foi desenvolvida para a vienense J. & L. Lobmeyr. São recipientes de cristal e cobre que pretendem melhorar a qualidade e o sabor da “bebida mais humilde e fundamental de todas”. Além disso, a ideia é elevar a purificação da água de ato corriqueiro a um ritual especial.

still2
still6

still5

still4

still7

A delicadeza e as formas das peças me encantaram. E o cuidado aos detalhes e o comprometimento ao tema chegou aos entalhos do cristal: os desenhos são, na verdade, uma visão contemporânea e microscópica de uma bactéria encontrada em rios e uma representação de um organismo do oceano cujo esqueleto é feito de sílica, o principal elemento do vidro.

still4

Precisa mais? Não, mas ainda tem. Os containers projetados pelo Formafantasma são uma reinterpretação de peças clássicas de 1925 da marca!

still3

(imagens via Dezeen)